Que falta de educação, coração!

4 10 2010

Nossa! Como meu coração é mal educado. Ele não sabe como medir as coisas não! Ou ele ama muito, ou não ama nada… Ou ele odeia, ou simplesmente não tá nem aí!

Com meu coração não tem meio termo, ou é tudo ou não é nada. E por falar nisso, esse meu coração é incrível! Um órgão de algumas gramas que cabe tanto tanto tanto amor, que não consigo saber como ele se vira pra guardar tudo!

Às vezes, o Osvaldo fala assim pra ele: ei! Vá com calma… nem tudo é pra levar ao pé da letra não! Não tem como gostar tudo de uma só vez! Goste aos poucos… cada dia um pouco mais! Mas não, meu coração metido que chega a dar dó não tá nem aí, vai gostando e gostando e gostando e quer sempre mais. Gasta tudo hoje como se fosse parar de bater amanhã, e eu não sei de onde vem, mas não é que amanhã tem mais?

Por vezes, penso em substituir meu coração por uma dispositivo de plástico, que apenas bombeie o sangue. Assim ,ele funcionaria de maneira mecânica, apenas para manter-me viva. Ou com vida? Não sei.

Mas também sei que se ele não estivesse ali, me causando apertos em determinadas horas, principalmente nas horas dos “nhenhenhens”, talvez eu conseguiria levar a vida numa boa. Sem me estressar, sem correr riscos… eu apenas viveria.

Eu queria matriculá-lo em um curso ou fazê-lo ler um livro, cujo tema seria: Educando um coração! Assim ele aprenderia a fazer as coisas na medida certa, sem deixar isso ou aquilo de lado, sem desperdiçar energia sentimental. Aprenderia também a aceitar tranquilamente as coisas como elas são. Meu coração aprenderia a pedir licença ao Osvaldo para deixar um sentimento entrar e, compreenderia perfeitamente que, tem horas que se tem que entrar e tem horas que se tem que sair. Não adianta espernear!

Se eu educasse meu coração, ele não me machucaria, às vezes, e muito menos se sentiria só, pois encontraria vários coraçõezinhos como ele por aí. E quem sabe se não se enturmaria para não sentir-se tão só?

Se ele fosse um pouco mais polido, respeitaria os horários dos outros e não ficaria acordado 24 horas por dia. Ele poderia, por exemplo, revezar com o Osvaldo. Mas não: mal educado e guloso por si só, quer todo o tempo pra ele e não deixa ninguém viver direito.

Olha coração, vou logo te avisando: me deixa fazer outras coisas, hein! Me deixa pensar em outras coisas, me deixa trabalhar direito, me deixa “viver”. Ou você atende meu pedido ou quem será o maior prejudicado será você mesmo. Depois não vá dizer que não te avisei! E tem mais: não adianta depois ficar me perguntando: por que isso? Por que aquilo? Eu só te alertando, depois não chore…

Coração, você está me ouvindo?

Coração?

Coração?

Pronto, lá se foi ele observar seu dono!

… Ah Coração! Se te pego….

 

Anúncios

Ações

Information

2 responses

9 11 2010
babiely

Oh Ebrael, meu anjo!
Por medidas compulsórias desta vez meu coração irá descansar.
Ele simplesmente está “machucadão”. Mas não houve nenhum acidente que gravemente feriu-o, ele só teve que ser educado “às marras”.
Ou fazia isso ou ele revolto por si só acabaria machucando outros por aí.
Obrigada por comentar… com seu comentário ele se sente mais vivo!

4 10 2010
Ebrael Shaddai

Barbbie,
Coração não se enturma, namora! Vive enamorado de enamorar um Outro Coração!
Não tem esse negócio de enturmar-se com corações como ele. Ele desanima quando encontra corações iguais a ele, embora o Osvaldo se tranquilize e pare de encher o saco. Suponho que o Osvaldo seja sua Rzão, certo?

Em tese, sempre há hora de sair de um sentimento. Sempre é hora. Mas, ainda em tese (quase uma certeza científica), podemos escolher não abandonar esse sentimento. Você tem que saber se esse sentimento te faz sofrer ou não, se você se sente mesmo realizada ou não.

Seu Coração pode ser mal-educado…mas, por exemplo: meu Coração de escorpiano é mal-criado, rebelde, desafiador, galinho pimpão

Não se preocupe em educar seu Coração; preocupe-se em viver em harmonia com ele, e tolerando o “Osvaldo”.

Bjs!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: